Esses anos

Teve aquele ano em que eu renasci de um modo que nem eu me sabia capaz de renascer. Naquele ano, nem lembrei de cantar Belchior, embora tenha morrido no ano anterior. E desde então eu não morri nunca mais.

(‘ano passado eu morri, mas esse ano eu não morro’)

P.S.: Eu escrevi isso no dia 26 de outubro, aniversário do Belchior. E que risos… Os últimos meses de 2016 foram mortes horríveis. Mas, né, tamo aqui em 2017 renascendo de novo e de novo e de novo…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s