Inferno astral – parte 2

Inferno astral mistura todas as nuanças da minha TPM numa coisa só. E como eu não tenho mais TPM, o danadinho do inferno astral me relembra aqueles tempos áureos infernais. Primeiro dá tudo errado, dá vontade de explodir três prédios e bater em um monte de gente, depois eu me apaixono uma cinco vezes por dia, dá vontade de comer 3 quilos de chocolate em uma hora e por aí vai. Agora cheguei na fase deprê, de chorar assistindo Fringe, o que junta com despedida e trilha sonora de Roberto Carlos.

Bodei.

Anúncios

3 comentários sobre “Inferno astral – parte 2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s