Mudança(s)

A Lígia escreveu algo sobre mim, sobre como a gente se conheceu nos primórdios da blogosfera. De lá pra cá, eu mudei um monte, a Lígia mudou demais, quase todo mundo mudou tanto. Nos últimos 12 meses, eu mudei e cresci muito mais que nos últimos 12 anos. Passei pela crise dos 23, crise dos 24 e sabe lá Deus se não vem por aí a crise dos 25 anos. Na verdade, eu até acho que não. Esse ano será de tantas mudanças que nem vai sobrar muito tempo para faniquitos pós-adolescentes. Falta comprar o Renew +25. Mas quer saber mesmo? Prefiro uma tatuagem nova, um passeio de barco, os livros que faltam da coleção Toda Mafalda.

O tempo até que tem sido generoso comigo, tem feito tudo acontecer no exato compasso certo das coisas, tempo suficiente pra que eu entenda porque os fatos acontecem desse, e não daquele jeito, não do meu jeito no meu tempo imediato.

Já posso ler Vargas Llosa e ouvir Joss Stone sem problemas.

Está tudo bem.

Ou melhor, vai ficar tudo bem quando o inferno astral passar.

^^

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s