Tão pequenos

“Se soubermos reparar nos detalhes, também saberemos ver que neles é que reside a diferença.” | Suzi

 

Eu, melhor que ninguém, sei disso, afinal – como diz meu querido master – eu sou uma peste detalhista. E, em verdade vos digo, é bom reparar nos detalhes, muito bom. É bom ser capaz de encontrar pérolas em meio a tantas ostras ocas. Eu encontro pérolas, sempre. Pérolas que lêem Vargas Llosa, que tocam músicas de Chico Buarque, que gostam de samba e também de Led Zeppelin; pérolas que, sobretudo, sabem reconhecer outras pérolas quando as encontram.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s