Ô, Madalena…

“Lá vem a Madalena arrependida” – penso eu, quando vejo um idiota qualquer voltar com o rabinho entre as pernas. O problema, que fique claro, não é voltar com o dito rabinho entre as pernas; o problema é se achar onipotente, tão onipotente a ponto de achar que errar é pecado e que se arrepender do erro é passaporte sem escala pro inferno.

Por acaso é feio reconhecer as nossas cabeçadas do passado? Qual o problema de olhar pra trás e, lembrando certos episódios, dizer: isto eu não faria jamais. (Ivana Arruda)

* Leia mais: Madalena arrependida                  (via @mapocalypse)

Anúncios

Um comentário sobre “Ô, Madalena…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s