Sabor saudade

Sempre que chegam as 50 últimas páginas de um livro, eu começo a me sentir órfã. A cada página virada cresce o sentimento de perda, aquela sensação de que as personagens que fizeram parte da minha vida por semanas/meses não estarão mais comigo (a não ser que eu releia o livro, mas re-conhecer as personagens é sempre diferente de conhecê-las pela primeira vez).

Daí que hoje, enquanto desgustava o maior chá de cadeira da história, terminei de ler Tem Alguém Aí?, da minha queridinha Marian Keyes. Eu estava guardando as últimas páginas para ler no conforto da minha cama, mas chá de cadeira sem livro não tem o mesmo gosto.

Ainda não sei se começo a ler Alpinista Social ou se curto mais um pouquinho o meu luto de Marian Keyes…

Ornesto arrumou um namorado fantástico, um australiano chamado Pat. Tudo parecia ir muito bem, principalmente porque Pat não agredia Ornesto nem roubava suas frigideiras antiaderentes, mas então Orneste recebeu uma conta de telefone de mais de mil dólares e descobriu que Pat ligava todo dia para seu ex-namorado em Coober Pedy. Ornesto ficou arrasado – de novo! -, mas encontra consolo no canto. Ele está fazendo uma temporada na boate Duplex, onde canta Killing Me Softly vestido de mulher.

(Tem Alguém Aí?, p.594)

Anúncios

3 comentários sobre “Sabor saudade

  1. Suzana Martins disse:

    Ain, nem me fale em sentir-se órfã de páginas… Chegar no final de um livro sempre escorre lágrimas. E confesso pra ti que eu não consigo ler outro livro em seguida, rs… Eu tenho que ficar uma semana lembrando de todos aqueles personagens, aquelas histórias… Coisinhas nostálgicas… rs… (Será que isso é normal?? rs)…

    Mas de uma coisa você tem razão, rs… Chá de cadeira só é com acompanhado de uma excelente história… rs

    Beijos pessoa amada do meu coração!!

    Te amo

  2. Natália disse:

    Às vezes eu choro, outras eu só fico remoendo a falta, cultivando meu luto.
    Resultado: li as duas primeiras páginas do “Alpinista Social” e parei. Depois eu leio, ainda tô sobre o efeito da falta de “Tem Alguém Aí?”

    =D

    /todabobona

  3. Lígia disse:

    Puts, eu sei bem o que é isso, e uma vez até escrevi um texto sobre o assunto…

    O pior é que eu tenho a mania de ler muito rápido, e daí tenho que me despedir logo dos personagens aos quais tanto me apeguei.

    Ainda bem que, nesses casos, a gente sempre pode reler nossos livros preferidos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s